Sem Mágoas em Meu Coração

(Samba-Canção de José Nunes)

Lembro ainda bem
Da noite em que sem propósito algum
Você prometeu

Sonhos, ternuras, carícias,
Venturas e sonhos
Mas sonhos de amor

Só não ficou de me dar
Das estrelas a luz
E do sol o calor

Mas passou um mês,
Dois e logo três,
Sonhos não tive porque
Passei noites em claro a chorar por você
Ventura não senti porque
Todo dia sofri ao pensar em você, ai

Depois de matar minha ilusão,
Agora tenta voltar
Mas não posso aceitar
E lhe digo a razão

Sei que de humano é errar
Mas divindade não sou,
Ao dizer que eu não o merecia
Você sepultou nosso amor

Hoje chegou minha vez
Até bendigo o mal que me fez
Que me ajuda a vingar-me
Sem mágoas em meu coração
Já não posso nem quero
Lhe dar meu perdão