Se Todos Fossem Iguais a Você

(Samba de Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Morais)

Vai, tua vida, teu caminho é de paz e amor
A tua vida é uma linda canção de amor
Abre os teus braços e canta a última esperança
A esperança divina, de amar em paz

Se, se todos fossem iguais a você
Que maravilha viver

Uma canção pelo ar
Uma mulher a cantar
Uma cidade a cantar
A sorrir, a cantar, a pedir
A beleza de amar
Como o sol, como a flor, como a luz
Amar, sem mentir, nem sofrer
Existiria a verdade
Verdade que ninguém vê
Se todos fossem no mundo iguais a você
(bis)

Uma cidade a cantar
A sorrir, a contar, a pedir
A beleza de amar
Como o sol, como a flor, como a luz
Amar, sem mentir, nem sofrer
Existiria a verdade
Verdade que ninguém vê
Se todos fossem no mundo iguais a você