Sabe Deus

(Canção de Álvaro Carrillo, versão de Nely B. Pinto)

Sabe Deus, se tu me amas ou me enganas
E na incerteza seguirei pensando que me queres não somente a mim
Não tenho direito nem razão para duvidar de ti e para não viver feliz
Mas às vezes sinto que não estás comigo, mesmo estando aqui

Sabe Deus, eu sofro tanto inutilmente
Morrerei de pena se este amor terminar
Só porque me engana esta paixão
E devo estar louco para atormentar-me
Sem haver razão, eu preciso lutar
E arrancar esta ingrata mentira do meu coração