Rancho do Lalá

(Canção de David Nasser e João Roberto Kelly)

Hoje lembrei Lamartine
Com seu eterno trá lá, lá
Noites morenas do Rio
Estão no assobio
Estão no trá lá, lá, lá, lá, lá

Hoje lembrei Lamartine
Com seu eterno trá lá lá

Primeiro foi a mulata
Depois a morena
De olhar sem igual
A moreninha, rainha
Lá, lá, do seu carnaval
Trá lá, lá lá de saudade
De ranchos pisando o chão da cidade
Do Rio que cantava no falsete do Lá Lá
O seu eterno trá lá lá
(bis)