Quero Sambar Um Samba

(Canção de Ricardo Galeno)

Quero sambar um samba
Um samba, um samba, de verdade
Samba, que seja um fado
No seu gingado, de mulato
Samba, de camisa aberta ao peito
Samba, pinta brava mas direito
Muito de tamanco, riso branco
Mulher do coração ao violão

Ah! que beleza, é o samba
Samba mesmo de terreiro
Onde o tamborim, modesto sim
Castiga legal, ao lado do pandeiro
Samba, um samba assim quero sambar, sem parar
Samba com cheiro de mato ou poeira de rua
Samba enfeitado de estrelas manchadas de lua
(bis)