Quantas Palavras

(Samba-Canção de Armando Cavalcante)

Quantas palavras
Quantas palavras eu em vão gastei
Quantos exemplos eu em vão mostrei
Querendo só a nossa salvação

Quantas palavras, na tentativa de te convencer
E o teu ciúme sempre a renascer
Na morbidez de tua obsessão
Qual veio d'água, que de outros veios vai se alimentando
O teu ciúme foi-se avolumando
Na correnteza que nos envolveu
E agora queres, voltar de novo ao ponto de partida
Como se alguém pudesse nesta vida
Ressuscitar aquilo que morreu