Quando Eu Tiver Uma Estrela

(Bolero de Fernando César)

Ainda um dia eu hei de ter
A minha estrela particular
E com você e nossa estrela, irei morar
Se for preciso irei roubar
Uma estrelinha meio apagada, tão pequenina
Que Deus nem dê conta de nada

Tendo uma estrela para viver
Tendo a você para me querer
Tendo o luar dentro de casa pra me inspirar
Embora saiba que não mereço
Tentar não custa e a Deus, eu peço
Eternidade pra tudo isso aproveitar
(bis)