O Que Somos Na Vida
"Aujourd'Hui C'este Toi"

(Canção de Francis Lai e Pierre Barouh, versão de Nazareno de Brito)

Tu e eu
O que somos na vida
Artistas de uma fita leve
Colorida e feliz
Se a platéia aplaudir
O apenas calar
Ao ponto de amar
Que inventamos pra nós
Que importa se tu
Que importa se eu
Achamos enredo
Bom demais para os dois
Tão bonito e sem final

Mas se existem os limites
O fim se encontra lá
A esperar por nós
(bis)