Murmura o Mar
"Le Bruit Des Vagues"

(Canção de Romuald, Pascal Sevran e Serge Lebrail, versão de Flávia de Queiroz Lima)

Murmura o mar
A derramar
Uma canção
Rolando azul
Na tarde mansa
A nos chamar;
Nascendo em nós.
Vivendo em nós
A imensa paz
Deixando atrás
De cada onda
Uma canção
O meu olhar
Sorriu feliz
No teu olhar,
O mundo em volta
No teu rosto
Emudeceu
E junto, junto ao mar
Sonhando assim,
Eu pressenti
O imenso amor
Amanhecendo em mim

Murmura o mar
A derramar
Uma canção
Rolando azul
Na mansa paz
Dessa manhã
O mesmo céu
Veio encontrar
Nossa canção
Na mesma voz
Lembrando o amor
Murmura o mar,
Quem sabe o tempo
Ou, mesmo o vento
Há de apagar
Na areia branca
O nosso nome.
A nossa paz
Mas sempre a voz do mar
Por onde for
Nos lembrará
O murmurar
De uma canção