Meu Amor É Uma Canção
"This Is My Song"

(Canção de Charles Chaplin, versão de Nazareno de Brito)

O inverno vem mais cedo
E a névoa de mansinho
Se deita em meu caminho
De estar só, tenho medo
Enquanto a cinza cai
Contigo vai seguindo
Meu sonho que se esvai
E aos poucos vai sumindo
À porta o vento frio
Abriu-se de pó, em pó
Ao longe um assobio
Diz que é preciso cantar
Tu és a melodia
Que noite e dia vai ficar no ar
Tu és a rima quente
Mel sol ausente, ainda a iluminar

Um grito de alegria, o sol
A nota azul de um festival
Amor, nossa canção
Cada estação há de falar de nós
(bis)