Lundú de Terreiro de Fogo

(Canção de Anibal Beça)

Quem pode mais do que Deus
Mais do que Deus ninguém

Quem pode mais do que Deus
Mais do que Deus ninguém
(Coro)

Saravá, irmão
Saravá, meu pai

Saravá, irmão
Saravá, meu pai
(Coro)

Filho de Ogum, cambaleia mas não cai

Filho de Ogum, cambaleia mas não cai
(Coro)

Saravá, irmão
Saravá, meu pai

Saravá, irmão
Saravá, meu pai
(Coro)

A minha barca é nova
Nela eu vim
Ela é feita de aroeira
E de casca de jasmim

Areia, areia, areia do mar

Areia, areia, areia do mar
(Coro)

Ogum de terreiro mais forte
É guerreiro militar

Bate macumba é de beira mar
Bate macumba é de beira mar

Eu vim de Gana, eu vou para Gana
Aê de Gana
Saravá, esse Congá

Saravá, esse Congá

Saravá, esse Congá

Espada rodando no ar
É guia de proteção
No terreiro de fogo
Aldeia canta o brasão

Olha o ponto, olha a guia
Olha o mastro de amarração

Maraca e fita vermelha
São coisas de obrigação
No terreiro de fogo

Saravá, meu irmão
Laiá, laiá, laiá

Espada rodando no ar
É guia de proteção
No terreiro de fogo
Aldeia canta o brasão

Olha o ponto, olha a guia
Olha o mastro de amarração

Maraca e feita vermelha
São coisas de obrigação
No terreiro de fogo

Saravá, meu irmão
Laiá, laiá, laiá