Fala Mangueira

(Samba de Mirabeau e Milton de Oliveira)

Fala, Mangueira, fala
Mostra a força da sua tradição
Com licença da Portela
A favela Mangueira
Mora no meu coração

Suas cabrochas gingando
Seus tamborins repicando
É monumental

Estou falando da Mangueira
A velha Mangueira
Tradicional