Em Noite de Luar

(Samba-Canção de Ary Barroso e Vinícius de Moraes

Vai, vai,
Samba meu
E diz a ele que hoje na rua
Tinha aquela mesma antiga lua

Vai, diz,
Diz que eu
Fiquei tão triste, tão infeliz,
Saudade que me deu

Desaparece um amor e parece
Que a gente esquece, pode viver
Mas basta apenas uma lua na rua
E já não se pode esquecer

Sai, sai,
Vai chorar
Amor tão triste que só existe
Em noite de luar