Em Cada Verso, Em Cada Samba

(Canção de Jair Amorim e Evaldo Gouveia)

Se eu, subisse o morro para te buscar
Na certa aquela gente iria ter
Motivos mil para de mim zombar

Qualquer um, nestas questões pode voltar atrás
Pedir perdão, no amor é tão comum
As soluções são sempre iguais
Mau eu não, nunca mais

Ah! se, eu vou ficando mesmo por aqui
Deixa, deixa eu tocar meu violão, sentir
Deixa eu fazer minhas canções
Para o povo cantar
(Bis)

Então, porque subir o morro à toa e me humilhar
Se em cada verso tu me entendes muito bem
Se em cada samba eu te peço pra voltar