Diante de Deus

(Guarânia de Fernando César e Jorge Lara)

Deus, venho de joelhos
Te pedir conselhos
Te rogar perdão
Deus, juro eu não sabia
Que ao amar perdia a tua proteção

Não havia amor em mim
Não poderia saber
Que eu iria amar assim
A ponto de me perder
Deus, é bem diferente
O amor do crente, para o Criador
Deus, o amar contigo
É amar de amigo
Ele é o meu amor
(bis)