Coragem

(Canção de Fernando Mendes e Wagner Montanheiro)

Pisa, fere, usa, abusa pra valer
Quem sabe amanhã, talvez nem possa ter
Coragem pra dizer o que você quiser
Pode falar, desabafar, em sou sua mulher
E pode até bater, se é assim que você quer
E pode até xingar, se é assim que você quer
E pode me humilhar, você só quer me ver assim, sofrendo

E só assim terei, a impressão de tê-lo
E de poder tocá-lo em meu corpo, tampar
E de poder sentir todo em mim colado
E de poder gritar

Pisa, fere, usa, abusa pra valer
Quem sabe amanhã talvez nem possa ter
Coragem pra dizer o que você quiser
Pode falar, desabafar, eu sou sua mulher
E só assim terei a impressão de tê-lo
E de ouvi-lo, com frases coerentes, doces sensuais
Com gestos envolventes, loucos, imorais queimando
Você não tem coragem pra olhar
Bem dentro dos meus olhos e falar
Palavras de amor e me fazer sonhar, bobagens.