Canção do Desejo

(Samba de Jair Amorim Georges Moran)

Vontade louca de me embriagar
Beber, de gota em gota o teu olhar
Cair nos braços teus
Premente de emoção, beijar-te a boca
A alma e o coração

Desejo doido de me dar a ti
No mais profundo anseio que senti
Nos braços te apertar, sentindo teu calor
E amar-te enfim, até morrer de amor
(bis)