Cabecinha no Ombro

(Canção de Paulo Borges)

Encosta tua cabecinha 
No meu ombro e chora
E conta logo tua mágoa 
Toda para mim
Quem chora no meu ombro, eu juro
Que não vai embora
Que não vai embora
Que não vai embora

Amor,
Eu quero o teu carinho
Porque eu vivo tão sozinho
Não sei se a saudade fica
Ou se ela vai embora
Se ela vai embora
Porque gosta de mim