Bicha Coirana

(Toada de Luiz Vieira)

coirana, num que me largar
Pelo jeito dela quer me acabar
saudade bicha, sai pra l
Vai bater em outra, deixa eu sossegar

Fui brincar de cabra-cega, com o danado do amor
Na hora do pega-pega no que o danado me pegou
saudade, bicha, sai pra l
Vai bater em outra, deixa eu sossegar
(bis)