A Saudade Bateu, Valeu

(Samba de Armando Cavalcanti e Moacyr Falcão)

A saudade bateu, doeu
A saudade bateu... (bis)
A saudade bateu, doeu
A saudade bateu, valeu
O amor é como um passarinho
Gosta de voltar ao velho ninho
Coração que ama não se cansa
Guarda na saudade a esperança