A Mentira
"La Mentira"

(Canção de Álvaro Carrillo, versão de Simões Nobre)

É mentira que me queres apesar do que tens dito
Pois ficaram em nossas vidas cicatrizes
Impossíveis, de apagar

Se te esqueces que lhe posso fazer mal se me decido
Pois eu tenho teu amor comprometido
Mas à força, não será

Hoje em vejo, renuncio a tua promessa à tua vida
E ao deixar-me quase, quase que te esqueces
Que os erros, foram meus
(Bis)

Minha parte, renuncio a tua promessa de adorar-me
Não precisas ficar triste por deixar-me
Segue em paz, vai com Deus
(Bis)