A Lei do Mais Forte

(Tango de Adelino Moreira e Nelson Gonçalves)

Até no amor
Há quem deseje esquecer, mas não esquece
Até no amor
É necessário se ter um pouco de sorte
Até no amor
A força de vontade prevalece
Pois até no amor
Existe a lei do mais forte.
Brigamos depois fomos indo
Por diferentes caminhos
Você foi embora sorrindo
Procurando outros caminhos
Agora você vem chorando
Gritando que não me esqueceu
E eu minto, infeliz, murmurando
Neste romance o mais forte fui eu.